Criador de Minecraft é banido de evento do jogo por declarações políticas

Share:

Notch, o lendário criador do respeitado jogo Minecraft, foi proibido de participar do evento especial de comemoração do 10º aniversário da franquia, com a Microsoft alegando que o motivo - não surpreendentemente - se deve a ele ousar dizer que "não há problema em ser branco".

De acordo com um porta - voz da Microsoft, “os comentários e opiniões de Notch não refletem os da Microsoft ou da Mojang e não são representativos do Minecraft” - Marcus “Notch” Persson vendeu o Minecraft para a Microsoft por US $ 2,5 bilhões em 2014.

Notch se tornou um alvo através de sua conta no Twitter, já que fazia declarações não alinhadas com a narrativa política dos flocos de neve da indústria de jogos, como “dia do orgulho heterossexual” e “é ok ser branco” - comentários que sites tóxicos e indivíduos rotulam como “ transfóbico ”.

No mês passado, o nome do criador foi removido do texto pop-up ocasional na tela de carregamento do Minecraft, provavelmente seguido pelos mobs odiosos usuais que tentavam desconhecer seu próprio ser.


ACESSE:

Nenhum comentário