Ubisoft pede desculpas por relação hétero em Assassin's Creed: Odissey

Share:
Ubisoft ignora maior parte do público e pede desculpas por relação hétero em Assassins Creed: Odissey

A produtora Ubisoft pediu desculpas a comunidade do game por ter forçado seus jogadores a manter uma relação hétero em Assassin's Creed: Odissey. A declaração da empresa surgiu após meia dúzia de jogadores (maioriatariamente justiceiros sociais) reclamarem que a empresa estaria a contrariar a narrativa e publicidade focada na liberdade total de escolha sexual para seus jogadores.

Ao final do Episódio “Shadow Heritage” (“Herança Sombria”, na tradução livre) — uma parte da DLC “Legacy of the First Blade” (“Legado da Primeira Lâmina”) — o protagonista de Assassins Creed: Odyssey, Kassandra ou Alexios, dependendo da preferência do jogador, acaba tendo um filho resultante de uma relação heteronormativa.
“O nosso objetivo era o de deixar que os jogadores escolhessem entre uma perspectiva utilitária de certificar-se que sua linhagem, seu sangue, sobrevivesse, ou então que formassem uma relação romântica. Tentamos distinguir entre ambos os casos mas poderíamos tê-lo feito de forma mais cuidadosa, já que andávamos em uma linha tênue entre escolhas feitas em um RPG ou a progressão da história, e a clareza e motivação para essa decisão foram executadas de maneira pobre”,

A maioria dos jogadores, entretanto, ficou contra a Ubisoft. Como podemos ver nos comentários do site The Enemy:

    Eu mandaria a comunidade LGBT "se foder" (sem preconceitos e com todo respeito!!!). Pior é o cara ter que "reconhecer" que "errou". Se ali tem que sair um descendente, como seria possível senão por um homem e uma mulher? É muito "mimimi"..
    Boa parte do game é linear, com muitas escolhas pouco importando, inclusive algumas de relacionamento. O primeiro capítulo deixa claro o início do romance entre os dois de forma linear, sem escolhas interferirem. O segundo só demonstra aonde esse sentimento leva, a criação de um filho, algo extremamente importante na franquia, manter a linhagem.
    A Ubisoft nem precisava pedir desculpas. Isso é coisa de quem não entende a franquia, não entendeu o jogo e não entendeu a DLC. Completa falta de interpretação.

    "A intenção dessa história era explicar como a linhagem sanguínea de seu personagem tem um impacto duradouro nos Assassinos," acho que de outra forma não teria como deixarem descendentes né...


Fontes:
 https://canaltech.com.br/games/ubisoft-se-desculpa-por-relacao-hetero-forcada-em-assassins-creed-odyssey-131007/
https://www.theenemy.com.br/tech/estudios-e-streaming-o-presente-e-futuro-da-amazon-nos-games

Nenhum comentário