Fátima, Anitta, Nego do Borel, Maria Gadu: A lacrosfera está em chamas!

Share:
Texto de Felipe Altamir

Artistas politicamente corretos e fãs digladiam-se em melindres banais
Após o namorado de Fátima Bernardes ser acusado de machista por usar a premissa de um meme e de maltratar animais por ordenhar vacas, agora o Nego do Borel tá com a bola da vez.

Nego do Borel é aquele artista cheio de costumes de sua terra que forçadamente lacra nas redes sociais para capitalizar em cima do que é moda e ter espaço na mídia. Faz um clipe vestido de maneira afeminada e beijando outro cara (e agora as "vítimas da sociedade", os militantes LGBTs, ameaçam-no fisicamente).

Tudo isso estava ótimo para ele, até que cometeu o absurdo de chamar um travesti de homem e tudo se desmoronou. A turma da lacração resolveu boicotá-lo e inclusive chegou a vaiar a Anitta por causa da participação do Nego do Borel em seu show, conduzindo uma multidão a invadir as redes da Madonna e contar o caso com o intuito de fazer a cantora cancelar a parceria com Anitta.

Todos os imbecis que marcaram participação em seu DVD agora cancelaram, incluindo a Luísa Sonza e demais outros membros da lacração artística.

Eis mais uma história de mais uma personalidade com reputação assassinada por não seguir os ditames politicamente corretos da manada. O eu acho de tudo isso? Eu acho é pouco. Tomara que cada um desses artistas se sufoque pela própria cartilha e agenda que ajudaram a disseminar, pois só assim vão acordar e perceber a insanidade generalizada que compõe essa agenda e a fábrica de doentes mentais e semianalfabetos incultos e totalitários que isso está criando.

É bom que todos esses artistas sintam na pele a força do politicamente correto e seu poder policialesco e patrulheiro, pois só assim essa porcaria será banida de vez do Brasil.
 

Nenhum comentário