Dragon Age será Politicamente Correto e adepto da "diversidade"

Share:
Diretor de Dragon Age promete engajamento progressista de esquerda em sequela do game.

Se tens alguma esperança de que Dragon Age: The Dread Wolf Rises será um jogo para pessoas comuns e normais,  esperará em vão. O diretor narrativo do próximo título, John Epler, fez uma série de tweets a proclamar que o próximo jogo será “político” e que estará “celebrando nossa diversidade e nossas diferenças”.

Após a revelação dos Game Awards deste ano, os jogadores começaram a procurar novas informações para Dragon Age: The Dread Wolf Rises. Alguns jogadores acabaram tropeçando nos perfis do Twitter dos desenvolvedores trabalhando no jogo enquanto procuravam novas informações, mas não gostaram exatamente do que viram.

Bem, em 7 de dezembro de 2018 Epler fez uma série de tweets respondendo a pessoas que deram uma olhada em seu perfil e decidiram que o próximo título da BioWare, Dragon Age: The Dread Wolf Rises, poderia ser comprometido com a agitação socio-política.

Epler explicou que a política em seu perfil (consistindo em pronomes de género e que ele é um esquerdista aberto) é apenas um pequeno fragmento do muito maior amálgama sociopolítico que constitui as histórias e personagens de jogos anteriores da Era do Dragão e do jogo Dragon Age, dizendo …


“Algumas pessoas me disseram, depois de ver meu perfil no twitter, para não trazer minha política para o jogo. Dragon Age sempre foi sobre pertencer - sobre perceber que a família é mais do que sangue e sobre celebrar nossa diversidade e diferenças. Permanecerá assim.

“Dragon Age é sobre esperança, sobre como amor e amizade são forças para o bem e sobre como, no final, o que temos é um ao outro.

“Em última análise, porém, toda arte é política. É muito mais fácil ignorá-lo quando essas políticas combinam com as suas: eu uso meu coração e minhas crenças na manga. E eu sempre irei."

 “Temos tempo finito neste mundo. Eu quero gastar o meu tornando-o um lugar melhor e mais cuidadoso ”.
Basicamente, isso significa que você está analisando outro Mass Effect: Andromeda ou Dragon Age: Inquisition nos trabalhos. Tenha em mente, porém, que a BioWare "acordou" com o Mass Effect: Andrómeda  e isto lhe custou caro: o jogo acabou aos trapos no mercado de games.

Battlefield V também está experimentando um destino semelhante. A série foi construída em torno de uma medida de autenticidade histórica, mas o último jogo abandonou isso em favor da política pessoal do desenvolvedor. Como resultado, as vendas naufragaram de tudo em parte devido à defesa do revisionismo feminista, que envolveu a extração fraudulenta da história da vida real dos homens e mulheres que fizeram o maior sacrifício durante a Segunda Guerra Mundial.

Até agora não sabemos como será o novo Dragon Age. No máximo, os gamers foram provocados  no Game Awards deste ano com um trailer curto, mas nenhum dos aspectos de jogabilidade, personagens ou história foi detalhado.

Mas, dado que o director narrativo apoia abertamente a agenda da diversidade, todos nós sabemos como o jogo provavelmente se tornará, como é evidente com tantos outros títulos que estão na lista da "lacração".

Este site rejeita o acordo ortográfico. Escrevo em português antigo sempre que possível.


Fonte: https://www.oneangrygamer.net/2018/12/dragon-age-dread-wolf-rises-will-be-political-and-celebrate-diversity-says-narrative-director/73122


Nenhum comentário