Geração Y não faz mais sexo temendo acusações de estupro.

Share:

A geração Y não está tendo muito sexo: As feministas são parcialmente responsáveis
Por Ryan Girdusky
Tradução Bruno Maia Giordano
Visite e Curta POP Liberal: https://www.facebook.com/POPliberal0

"Sem sexo por favor, nós somos a geração do milênio."

Esse é o caso, pelo menos para os membros mais jovens da Geração Y. Nascidos na década de 1990 ou depois, eles têm mais que o dobro de probabilidades da geração X e membros mais velhos da geração Y de serem sexualmente inativos, de acordo com um estudo publicado terça-feira na revista Archives of Sexual Behavior (arquivos de comportamento sexual).

"Millennials" - como são chamados os membros desse grupo- como um todo, são bastante "quadrados" quando se trata de sexo. Eles têm muito menos parceiros sexuais do que os "Baby Boomers" e a Geração X.

Pela primeira vez em décadas, a maioria dos estudantes do ensino médio são virgens e apenas 11,5% deles admitem ter quatro ou mais parceiros sexuais, abaixo de quase 19% no início dos anos 90, de acordo com o Center for Disease Control.

Um estudo do ano passado descobriu que a geração do milênio tem o menor número de parceiros sexuais quando comparados a qualquer grupo desde antes da revolução sexual: apenas oito.

Há várias razões diferentes para que os homens e mulheres jovens adiem o sexo, incluindo: "a pressão por sucesso profissional, vida social cada vez mais realizada numa tela (smartphones, notebooks etc), expectativas irreais de perfeição física incentivada por apps de namoro e cautela sobre o estupro."

As feministas são também parte da culpa, tendo passado a última década atacando os homens por serem defensores da cultura do estupro, aumentando as estatísticas de agressão sexual falsas, e com uma série de perfis altamente "prestigiados", sobre histórias de estupro falsas - dos jogadores do Duke Lacrosse para o caso da menina do colchão, muitos homens jovens estão preocupados em ser acusados de estupro.

Noah Patterson, um bonito rapaz de 18 anos, disse ao Washington Post que ele é virgem porque tem medo de ser acusado de ser parte da cultura do estupro.

"Feministas de terceira onda parecem loucas, dizendo que todos os homens estão participando desta cultura do estupro", disse Patterson para o Washington Post e insistiu que prefire ficar se masturbando com pornografia. "É mais rápido. É mais acessível. O que você vê é o que você recebe. "

Especialistas também culpam a tecnologia doa smartphones; as pessoas estão apenas tendo menos experiências do mundo real, incluindo o sexo.

Talvez o time de developers de Pokemon Go deva lançar um novo aplicativo onde os jogadores ganham pontos por conhecer outras pessoas e começar uma conversa.

Millennials também podem estar sofrendo por crescer durante a era da epidemia dos divórcios, menos propensos a expor seus sentimentos, temendo serem feridos. Esta é uma geração que cresceu com os pais computando a necessidade de saber o quanto de glúten estava em sua dieta; eles não vão expor suas emoções cegamente.

Agora, eles não só têm apenas um espaço seguro (safe place); eles têm um espaço livre de sexo também.

Nenhum comentário